O Fundo de Apoio Social (FAS) e a Universidade Njinga a Mbande assinaram, nesta Quarta-feira, 03 de Março de 2021, na Província de Malanje, um Memorando de Cooperação no quadro da implementação do Programa Nacional de Estágios Comunitários para os recém-licenciados.

A assinatura do acordo é da iniciativa do FAS, sendo que da parte desta assinou o Chefe de Departamento Provincial em Malanje, Gomes Golambole, e da parte da Universidade assinou o Coordenador Comissão Instaladora, Eduardo Ekundi Valentim. O acto foi testemunhado pelo Director Geral do FAS, Belarmino Jelembi, e pelo Vice-Governador de Malanje para o Sector Político, Social e Económico, Domingos Manuel Eduardo, em representação do Governador Provincial, Norberto Fernandes dos Santos.
Satisfeito, Eduardo Ekundi enalteceu a iniciativa do FAS e afirma que os estágios vão permitir a solidificação dos conhecimentos adquiridos, prometendo cumprir com todos os itens constantes no acordo, uma vez que as questões de empregabilidade no País são um grande desafio. “Faremos tudo para que sirva de exemplo”, promete Eduardo Ekundi.
Por sua vez, Belarmino Jelembi começou por reafirmar o sentido de missão para com a melhoria dos quadros do País, ajudando a prepará-los para o mercado de emprego, elencando áreas que podem ser exploradas pelo FAS em parceria com as universidades, nomeadamente a Economia Local, Protecção Social, Cooperativismo, Microcrédito, Nutrição, Direito Consuetudinário e Organização Comunitária. “Gostaríamos que daqui a pouco pudéssemos colher frutos, o que acaba sendo uma cotribuição que estaremos a dar ao País e darmos um salto em frente no quadro da perceção dos fenómenos”.
O FAS tem, entre outras atribuições, a promoção de estudos práticos e projectos direccionados ao combate à pobreza nas áreas rurais e peri-urbanas, e é com base nisso e na sua responsabilidade social que implementa o Programa de Estágios Comunitários, prevendo aliar os conhecimentos académicos à componente prática de acordo com o perfil de saída do Formando.
O Programa de Estágios abrange os estudantes recém- licenciados de todo o País, privilegiando candidatos cujo perfil de saída traga um valor-acrescentado aos programas de combate à pobreza e ao desenvolvimento rural e comunitário, a harmonização e a coesão familiar, bem como àqueles que se inserem no âmbito da promoção da saúde pública. Este foi o primeiro acordo assinado entre o FAS e uma instituição para permitir que jovens tenham a oportunidade de estágios.