O director do FAS, Belarmino Jelembi, esteve recentemente em visita de campo na província de Benguela, durante a qual teve contacto com os responsáveis dos projectos agrícolas “Olongundja” e “Sozinho”, ambos da zona de Cavaco, tendo contado com o financiamento do Banco Mundial, sendo o primeiro em 2015 e o segundo em 2016.

Belarmino Jelembi, acompanhado da directora do FAS em Benguela, Maria de Jesus Alexandre, o assistente para as questões dos ADECOS em Benguela, Hernani Domingos, e o assistente para as questões de desenvolvimento local na mesma província, Mateus Etosi, visitou, igualmente, o projecto “Panela Shapuyia”, uma fábrica de louça de alumínio, no bairro Gingolote, igualmente financiado pelo Banco Mundial em 2016. Os três projectos beneficiaram de um valor de 3 três milhões de Kwanzas, 915, 6 mil kwanzas para o projecto “Panela Chapuyia”, 695, 6 mil kwanzas para o “Sozinho”, sendo que o “Olongundja” beneficiou de 579, 6  mil kwanzas. Dos 3 projectos, o Olongundja é o único composto por um grupo (de três produtores), em que cada um recebeu a terça parte do valor global. Veja a galeria de fotos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui