O Fundo de Apoio Social (FAS) realizou, na Segunda-feira, 16 de Março de 2021, na cidade do Lubango, Província da Huíla, uma acção de capacitação dos seus técnicos na região Sul (que compreende as Províncias do Namibe, Huíla e Cunene), e das Administrações Municipais da Cacula, Quilengues e Gambos, sobre as Salvaguardas Sociais e Ambientais.
A capacitação que foi ministrada pela Especialista de Salvaguardas Sociais e Ambientais do FAS, Helena Farinha, teve a facilitação do Chefe de Departamento Provincial do FAS na Huíla, Frederico Sanumbutué, e visou munir os técnicos com ferramentas e conhecimentos sobre registos, atendimentos das participações e reclamações em todos os Programas de intervenção do FAS particularmente o Projecto de Desenvolvimento Local (PDL) e o Programa de Fortalecimento da Protecção Social – KWENDA.

As Salvaguardas Sociais e Ambientais são o mecanismo de Participação e Reclamações que têm como finalidade o estabelecimento de canais de comunicação adequados entre o FAS, enquanto agência de implementação, e as partes interessadas, nomeadamente: fornecedores, prestadores de serviços, parceiros, beneficiários, entre outros, reduzindo assim riscos e oferecendo aos utentes um caminho para emitir as suas opiniões/sugestões, bem como manifestar as suas preocupações, conseguir soluções, promovendo uma relação mutuamente construtiva e de confiança.
Visa, entre outros objectivos, prestar esclarecimentos aos utentes em cada uma das etapas dos Programas; Fazer o registo adequado das queixas e reclamações relacionadas com cada Programa, de acordo com a sua natureza; Assegurar o eficiente direccionamento das queixas e reclamações para que sejam tratadas e efectivamente respondidas e ajudar a aprimorar o desempenho dos Programas.