O Fundo de Apoio Social (FAS) visitou, a 30 de Março de 2021, dois dos projectos financiados e entregues o ano passado no Município da Nharêa, Província do Bié, para constatar o seu funcionamento e evolução:

1º Projecto

As Irmãs SANDIMBA são jovens camponesas, produtoras de Feijão Manteiga, Batata Rena, Milho e outros. Fruto do seu protagonismo e dedicação, despertaram a atenção do FAS e acederam ao financiamento comparticipado. Os problemas de acesso a sementes, fertilizantes, inseticidas e equipamentos de produção foram minorados. Após uma capacitação em gestão de negócios e uma assessoria técnica do FAS e EDA, beneficiaram de Kits de tração animal e aguardam, para breve, a entrega de um armazém para conservação e comercialização da sua produção.

Irmãs Sandimba, exibem a colheita de feijão

Apesar da estiagem que se verificou, o resultado da 1ª fase de cultivo pós financiamento é notável, demonstram alegria ao apresentarem a considerável colheita de feijão, bata rena e milho, e já lançam sementes para o próximo cultivo, tendo passado de 4 para 14 hectares da produção de feijão depois do financiamento. As Irmãs ganharam notoriedade e são hoje as principais fornecedoras de hortícolas para o Hospital Local.

2º Projecto

O avicultor VITA KAKUTALU tinha o seu antigo negócio precário de criação de galinha e produção de ovos paralisado, haviam 2 anos, por dificuldades de obtenção de ração, situação que o forçou a decretar falência.

Em 2020, aproveitou a oportunidade do co-financiamento pelo FAS e, tendo beneficiado de uma formação, ultrapassou as dificuldades de produção de ração, melhorou a imagem do seu negócio com a construção de um aviário definitivo e diversificou o serviço.

Hoje com 100 galinhas poedeiras, atingiu 90% da sua capacidade e produz 60 ovos por dia, estando, neste momento, a fazer planos de expansão, com a entrada em funcionamento da incubadora e 250 pintos, obtidos com o financiamento e prevê, para breve, começar a criação de galinhas para abate, estando já a trabalhar na melhoria das condições eléctricas.

A produção de ovos de Vita Kakutalu

Enquadrados na implementação do programa de financiamento comparticipado “MATCHING GRANTS”, foram financiados e entregues em Agosto de 2020, 9 projectos na localidade, entre os quais, um aviário construído e apetrechado, uma mini indústria de descasque de café, uma mini indústria para moagem de milho e bombó, dois produtores de feijão, uma associação de produtores de feijão, café e batata rena e três campos de produção de café arábica. Foram ainda entregues, à Associação Etumbuluco e ao Grupo de Senhoras Produtoras Sambinda, kits agrícolas com 14 juntas de tração animal.

O Matching Grants é uma modalidade de financiamento comparticipado que tem como principal finalidade contribuir para o desenvolvimento da economia local e fortalecimento das cadeias produtivas. Consiste na garantia de um investimento próprio mínimo do beneficiário, igual ou superior a 20% do valor total do projecto como pré-condição e pode ser realizado quer em meios, activos fixos ou correntes, de acordo com o cronograma de investimento incluso no plano de negócios do projecto.