“Ao nível do FAS, estamos determinados a evitar o desperdício”, garantiu o Director-geral desta instituição, Belarmino Jelembi, durante a acção de formação sobre Sistema de Informação Básica Municipal (SIBM), promovida pelo Ministério da Administração do Território e Reforma do Estado (MAT), na província da Huíla.

Diante de 36 técnicos, provenientes das 14 administrações municipais daquela província, Belarmino Jelembi, a quem coube a abertura da sessão formativa, salientou a importância das capacitações sobre o SIBM. “Mas o essencil é a utilização da plataforma para que os gestores nos municípios tomem decisões mais adequadas”, alertou, lembrando que “só faz sentido continuarmos a gastar dinheiro com estas formações se sentirmos efeitos concretos para os municípios. Esta questão é essencial, porque ao nível do FAS, estamos determinados a cortar qualquer despesa que se revele desperdício”.

Fizeram parte da sessão a direcção do FAS na Huíla, liderada por Frederico Sanumbutue, representantes do governo da província, bem como administradores municipais e organizações da sociedade civil. No final da sessão, criou-se o grupo que irá partilhar todos assuntos inerentes ao processo de apropriação e aplicação em prática da plataforma, conforme recomendam as boas práticas de governação que exige dados fiáveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui