O Programa de Fortalecimento da Protecção Social – KWENDA, efectuou hoje, 25 de Março de 2021, o segundo pagamento via telefone no Município dos Dembos Kibaxi, Província do Bengo, na componente de Transferências Sociais Monetárias. Esta componente prevê atribuir um valor trimestral de 25.500 kz a cada Agregado Familiar seleccionado.

Nos Dembos Kibaxi, o KWENDA prevê beneficiar 2.450 Agregados Familiares, tendo iniciado hoje o pagamento nas comunas do Kixinje, Santarém, Kipungo e Gombe do Piri, ao atender 500 Agregados Familiares.

O acto de lançamento decorreu no pátio da Administração local, tendo registado a presença do Vice-governador Provincial do Bengo para o Sector Oilítico, Social e Económico, José Francisco Bartolomeu Pedro, em representação da Governadora Provincial, Mara Quiosa, do Administrador Municipal, Fonseca Miguel Canga, do Administrador da Unitel, Eduardo dos Santos e do Director Geral do Fundo de Apoio Social (FAS), Belarmino Jelembi.

Ainda durante o acto de lançamento, o FAS e a empresa de telefonia móvel UNITEL rubricaram o acordo de parceria que visa materializar as transferências monetária, na presença de autoridades tradicionais e religiosas, partidos políticos e membros da sociedade civil.

INCLUSÃO DIGITAL
Os telefones estão revestidos de aplicativos modernos de acesso às redes sociais, câmara e rádio, permitindo, desta forma, a sua inclusão social, particularmente a inclusão digital.

Iniciativa do Estado angolano e avaliado em 420 milhões USD, sendo 320 milhões financiado pelo Banco Mundial e os demais 100 milhões do Tesouro Nacional, o KWENDA visa beneficiar famílias mais pobres ou em situação de vulnerabilidade.