O Fundo de Apoio Social (FAS) procede, nesta Sexta-feira, 17 de Julho de 2020, à entrega da moageira “OKUVETYA ONGANHO” ao senhor Justino Mateus Sofia, no município da Bibala, província do Namibe.

A moageira OKUVETYA ONGANHO, única na região, tem capacidade para transformar até 1.200 Kg de farinha de milho por dia e 68.4 toneladas por ciclo de produção, devendo transformar o milho em rolão (1500 Kg), fuba fina (80.000 Kg), fuba grossa “palapala” (20.000 Kg)) e farelo (6.000 Kg), melhorando as condições de higiene e de transformação dos cereais para o consumo humano.

O financiamento da moageira enquadra-se no modelo de financiamento comparticipado. Neste caso em que o investimento da moageira foi de 7.598.434,20 milhões Kz, o FAS comparticipou com 87%, sendo os restantes 13% de Justino Mateus Sofia, promotor, que doravante é o proprietário. 

Com o seu funcionamento, a população daquela zona deixa de percorrer mais de 60 quilómetros para ter acesso à fuba, como era antes, para percorrer à volta de seis quilómetros, tendo-a nas lojas locais e melhor apresentada, em embalagens selados e com a marca “Okuvetya Onganho” timbrada, o que facilitará a transportação e venda nos mercados da região. A nova unidade de transformação de milho criará 8 empregos directos e será abastecida em matéria-prima por cerca de 57 produtores locais.

A modalidade de financiamento comparticipado tem como principal finalidade contribuir para o desenvolvimento da economia local e fortalecimento das cadeias produtivas. Consiste na garantia de um investimento do beneficiário, igual ou superior a 10% do valor total do projecto como pre-condição, podendo ser realizado quer em meios, activos fixos ou correntes, de acordo com o cronograma de investimento anexo ao plano de negócios do projecto.

Sobre o FAS

O FAS é uma agência governamental, dotada de personalidade jurídica e autonomia financeira e administrativa, para, em coordenação com outros programas de combate à pobreza, contribuir para a promoção do desenvolvimento sustentável e redução da pobreza. O FAS focaliza a sua actuação na demanda da comunidade, dirigindo as suas actividades ao investimento social nas áreas de educação, água e saneamento, saúde, infra-estruturas económicas e ambientais. A sua intervenção regista-se nas dezoito províncias de Angola, através de escritórios províncias. A implementação do FAS conta com o suporte financeiro de diferentes fontes, entre os quais, dotações do Governo de Angola, créditos do Banco Mundial, doações da União Europeia e de outras instituições. O FAS também é a entidade responsável pela implementação do Programa KWENDA.

FUNDO DE APOIO SOCIAL, Namibe, aos 16 de Julho de 2020.