O Fundo de Apoio Social (FAS) realizou, nesta Quarta-feira, 1 de Julho de 2020, no Município de Cambundi Catembo, Província de Malanje, o primeiro pagamento às famílias seleccionadas para as Transferências Sociais Monetárias, no âmbito do Programa Kwenda.

Em cerimónia presidida pelo Governador da Província de Malanje, Norberto dos Santos “Kwata Kanawa”, e testemunhada pelo Chefe de Departamento do FAS em Malanje, Gomes Golambole e pela Directora Nacional da Acção Social, Teresa Quivienguele, além de técnicos e membros do Governo Provincial, foi feito o acto simbólico de pagamento às primeiras 10 famílias, das 1000 seleccionadas para esta primeira fase, de um total de 1800 Agregados cadastrados para o efeito.

Contrariamente ao que acontece nos outros Municípios do Piloto, em Cambundi Catembo, o pagamento às famílias está a ser feito por intermédio de um correspondente bancário do banco BAI, por não existir no município um banco ou ATM. Depois de confirmados os valores na conta dos beneficiários através do Terminal de Pagamentos Automáticos (TPA), cada família recebeu das mãos do correspondente bancário, o valor de 25.500 Kz, correspondentes aos meses de Junho, Julho e Agosto, equivalentes a 8500 Kz/mês. Recebeu, também, das mãos da equipa técnica do FAS, o seu cartão de beneficiário do Programa Kwenda, o cartão multicaixa e o respectivo código.

O Kwenda é um programa do Executivo angolano que visa criar políticas de apoio às famílias mais pobres, ou em situação de vulnerabilidade no país. Avaliado em 420 milhões USD, é financiado em 320 milhões USD pelo Banco Mundial, sendo os outros 100 milhões USD, provenientes do Tesouro Nacional e é operacionalizado pelo FAS, agência governamental, dotada de personalidade jurídica e autonomia financeira e administrativa, que, em coordenação com outros programas de combate à pobreza, contribuir para a promoção do desenvolvimento sustentável e redução da pobreza em Angola.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui