O Fundo de Apoio Social (FAS) procedeu hoje, 27 de Junho de 2020, a entrega dos cartões multicaixas às famílias inscritas no quadro das Transferências Sociais do Programa de Fortalecimento do Sistema Nacional de Protecção Social (PFSNPS), denominado KWENDA.

O acto oficial teve lugar em Xangongo, com a presença da Vice-governadora provincial do Cunene para o Sector Político, Social e Económico, Soraia Teresa de Jesus Mateus Kalonguela, da administradora municipal de Ombadja, Albertina Teresa José, entre outras entidades. O FAS esteve representado pelo seu Director Geral, Belarmino Jelembi.

Na ocasião, quatro dos beneficiários dirigiram-se ao ATM mais próximo e confirmaram o carregamento dos seus cartões com 25.500 kz, referentes a três meses, o que corresponde a 8.500 kz/mês. Os 25.500 Kz foram confirmados pela imprensa e demais presentes, tendo ocorrido actos simbólicos de levantamento de valores. Tão logo terminou o acto, a equipa do FAS, liderada pelo seu Director, meteu-se em Ombadja adentro, com vista a dar sequência ao pagamento, tendo entregue 247 cartões multicaixas.

A operação de pagamento vai continuar amanhã, até terminarem os 1665 cartões por entregar, dos 1903 agregados familiares cadastrados.  De acordo com o calendário definido para o fim da fase Piloto, depois de Ombadja, segue-se o município de Cacula, província da Huíla, que fará o pagamento no dia 29 deste mês. A fase Piloto termina no dia 30, com os municípios do Cuito Cuanavale (Cuando Cubango) e Cambundi Catembo (Malanje) a fazerem pagamentos em simultâneo.

Até ao momento, nos cinco municípios, foram cadastrados 10.639 famílias. O município do Nzeto, na província do Zaire, foi o primeiro a fazer a entrega dos cartões, tendo beneficiado já 1.601 famílias, dos 1.792 agregados cadastrados. Avaliado em 420 milhões USD, dos quais 320 milhões USD vindos do Banco Mundial, via crédito, e 100 milhões USD vindos do Tesouro Nacional, o KWENDA é uma iniciativa do Estado angolano e prevê beneficiar 1.601.000 famílias.

Além das transferências monetárias, o Programa prevê ainda a Inclusão Produtiva, a Municipalização da Acção Social e o Cadastro Social Único. A Disciplina, Transparência e Parcimónia na gestão dos recursos são divisas adoptadas pelo FAS, enquanto entidade responsável pela operacionalização do Programa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui